Buscar en TDAH Buscar en GOOGLE
Bienvenida

México, DF, Novembro de 2008

Queridos Colegas
P R E S E N T E

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade é o transtorno neuropsiquiátrico mais freqüente na infância e adolescência, afetando cerca de 7% da população latino-americana. Durante os últimos anos, uma grande quantidade de evidência tem favorecido seu reconhecimento e a persistência em uma alta porcentagem até a vida adulta, estabelecendo novas estratégias de diagnóstico e tratamento. Varias investigações tem demonstrado que o tratamento oportuno nos primeiros anos da vida prediz um futuro melhor para estes pacientes, evitando as comorbidades e prejuízos que se apresentam em etapas posteriores.
Todavia, as diferenças sociais, culturais e étnicas nas diferentes regiões têm determinado processos diagnósticos e terapêuticos em diferentes partes do mundo. Por isso, consideramos que é chegado o momento de unirmos esforços e experiências para descrever as dimensões epidemiológicas, diagnósticas e de tratamento no âmbito latino-americano, estabelecendo as bases para um trabalho científico conjunto.
Desde Setembro deste ano, mais de 150 especialistas em neurociências se uniram para fundar a Liga Latinoamericana Para o Estudo do TDAH (LILAPETDAH). O objetivo da Liga é servir como ponte entre os diferentes países da região, apoiando o desenvolvimento de estudos que reflitam nossas situações socioculturais e a divulgação adequada para melhor ajudar a crianças, adolescentes e adultos com TDAH.
Este esforço não seria possível sem a ajuda de todos aqueles que têm acreditado neste projeto e que confiam que a América Latina se converterá na vanguarda mundial sobre colaboração e esforço dos especialistas em neurociências no estudo do TDAH.

Sem mais por este momento, reitero a certeza de minha mais alta consideração,


Dr. Eduardo Barragán Pérez
Presidente de LILAPETDAH